quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Hoje não é dia...

Nestes dias de casa suja, todos os músculos de meu corpo doendo, a minha única companhia toca a ponta de meus dedos, como se falasse comigo enquanto traduzo seus códigos. Escuto Billie Holliday como se estivesse embriagada, a música chega ao fim e sinto que agora teria de sorrir...
Mas não posso!! Caro leitor, não exija de mim sentimentos que não me convencem. Nessa vida corrida em que o tempo medido pelo pulso todos os dias, estar aqui sentada me faz parar de respirar por um minuto e esquecer o gás carbônico, o chefe, o trampo, o tiner, o time, o tempo... Mas não me faz sorrir!
Estar aqui agora me faz correr mais depois e se quisesse sorrir ligaria a T.V., se quisesse mesmo esse tempo para mim me masturbaria, e se enfim não tivesse dúvidas...
Ah sim! Isso sim me faria sorrir!!!

Aline Romani

2 comentários:

nada disse...

êtá precisanu renovar isso aqui, hein! Algum lugar mais reservado para te falar?

a anacrônica

nada disse...

Preciso do seu e-mail

Seguidores